Segundo a Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP) rir ainda é o melhor remédio para:

• aliviar a tensão: mesmo em momentos de nervosismo, diminuindo o estresse e a ansiedade;
• atenuar a dor: rir libera a endorfina, hormônio produzido no cérebro que produz sensação de bem-estar e alivia a dor;
• diminuir a pressão arterial: no sistema cardiovascular, rir aumenta a frequência cardíaca e a pressão arterial. Isso promove a vasodilatação das artérias, ocasionando uma queda de pressão benéfica para os hipertensos;
• dar mais oxigênio: rir aumenta a quantidade de oxigênio captada pelos pulmões e facilita a saída de gás carbônico;
• fortalecer o sistema imune: não está comprovado o fato de que quem ri mais fica menos doente, mas os pesquisadores já sabem que o riso aumenta a liberação de células do sistema imune, fortalecendo nossas defesas;
• ajudar na memorização: rir durante a apresentação de uma aula ou palestra aumenta o interesse e facilita a aprendizagem.